Claro e NET: uma única marca?

Entenda tudo o que muda com a união das duas marcas de telecomunicações, que já faziam parte do grupo América Móvil.

Claro e NET: fusão entre as marcas

A Claro e a NET são empresas de telecomunicações que pertencem ao grupo América Móvil, e funcionam com a razão social Claro S.A. O início da fusão aconteceu em 2011, quando as duas marcas começaram uma parceria comercial, oferecendo pacotes de telefonia móvel e fixa, TV por assinatura e internet.

Além da Claro e da NET, outra marca que faz parte do mesmo grupo, é a Embratel. A união entre elas, fez nascer pacotes de serviços, como o Combo Multi, que une planos de internet banda larga e telefonia móvel em uma única fatura, facilitando a comunicação dos clientes com as operadoras.

E agora, a Claro e a NET, passam por muitas transformações. É que, além da fusão, as marcas e seus produtos, passam a ser um só. Quer saber tudo sobre essa mudança? Contamos tudo para você, aqui, na Zelas Conecta.

*Vídeo institucional apresentando a Claro e a NET como uma só empresa.

Sobre a Claro

A Claro, além de estar presente em mais de 3.798 municípios brasileiros, também opera em países da América Central e do Sul, com serviços de telefonia móvel, telefonia fixa, internet banda larga e TV por assinatura, e pertence ao grupo mexicano América Móvil.

Desde 2003 no Brasil, a marca trouxe inovações na área de telefonia móvel, como a chegada da tecnologia 3G no país, além de defender a portabilidade, e o direito de escolha do consumidor.

Junto com a NET, a operadora foi pioneira em pacotes como o Combo Multi, e também criou o Passaporte Américas, Europa e Mundo, permitindo ao usuário de linha pós-paga, utilizar seu plano de maneira ilimitada durante as viagens.

Sobre a NET

A NET foi criada em São Paulo, no começo dos anos 90, com a ideia de ser uma companhia multioperadora - trabalhando com telefonia fixa e TV por assinatura, o que ainda era algo novo no país.

Em 1993, a Globopar e o grupo americano Ralph Partners II adquiriram 30% da companhia. Essa mudança trouxe novas formas de transmissão mais modernas, como a fibra óptica e cabos coaxiais, que ainda não existiam no Brasil. 

Atualmente, a NET pertence ao grupo América Móvil, o mesmo que controla a Claro. Com essa fusão, as duas empresas passaram a atender com a mesma razão social, a Claro S.A, e também com o mesmo CNPJ.

Combo Multi: resultado da união entre as marcas

Quando a NET e a Claro começaram uma parceria, desenvolveram um combo de serviços mais completo para os usuários das marcas. Com o Combo Multi, passou a ser possível incluir a internet, a TV, o telefone fixo e o celular, em uma única fatura, mesclando produtos das duas operadoras.

Além do benefício de ter apenas uma fatura para todos os serviços, as marcas criaram vantagens exclusivas para os assinantes, como WhatsApp liberado, ligações ilimitadas, o dobro de internet e mais descontos. 

Claro e NET ao longo dos anos:

Como a fusão foi feita?

No início da parceria, José Antonio Felix, que era o presidente da NET, foi bem específico: “É uma parceria comercial igual às que fizemos ao longo dos anos. As empresas são focadas em seus segmentos e complementares em seus serviços", mas em 2014, a fusão foi realizada, e as duas marcas, Claro e NET, incorporadas pela América Móvil.

Com as marcas do grupo, a América Móvil, diz ter mais de 95 milhões de clientes no Brasil, com mais de 13 milhões de acessos para TV por Assinatura, 6 milhões para banda larga fixa e mais de 10,3 milhões de telefones fixos.

O grupo, formado pelas três marcas - NET, Claro e Embratel, ainda é responsável pelo Instituto NET Claro Embratel, que investe em projetos sociais nas áreas de cultura, cidadania e educação, e busca criar impactos relevantes nessas áreas.

Claro ou NET? Como fica o futuro das marcas?

Neste mês (julho de 2019), a Claro anunciou a transição de marca para atuar como uma só empresa, junto com a NET.

Apesar dessa mudança, a NET vai manter seus pacotes e combos por um período, até que seja consolidada toda a incorporação. As mudanças, a princípio, serão no nome dos produtos, como o NET Internet, que vai se chamar Claro NET Internet. 

De acordo com o branding do grupo, a Claro deve sempre ser lembrada como primeira marca durante o período de mudança, através de posicionamentos da logomarca, assinatura e tipografia.

Um pouco desse posicionamento, já foi inserido em uma das últimas campanhas lançadas pela Claro, como você pode ver no vídeo:

O que muda para o consumidor?

Mas, afinal, como essa mudança de marca vai afetar o consumidor? A princípio, não muito. A Claro e a NET passam a ofertar os serviços em conjunto, dando mais poder de escolha aos usuários. A ideia foi deixar a Claro mais completa e com serviços convergentes, móveis e residenciais. Já a NET, passará a dar nome aos produtos do segmento residencial e PME.

Segundo a Claro, ela lidera o crescimento do mercado móvel e, com esse movimento, tornou-se líder também nos segmentos de TV e banda larga, entregando uma oferta integrada e convergente de serviços, incluindo conectividade fixa e móvel, e conteúdo em todas as telas, em uma só marca.

Com essas modificações, a marca Claro, que foi criada no Brasil e exportada para vários países da América Latina, passa a concentrar os investimentos e atuação mercadológica, além de oferecer um portfólio mais completo de serviços.

11 de jul, 2019

Wilmar Fernandes | medium.com/@wilfernandesjr

Subir